Hospital no Sítio São Francisco

Hospital no Sítio São Francisco terá custo de R$ 10 milhões.

Hospital do Sítio São Francisco no Pimentas Guarulhos 

Um novo e moderno hospital deverá ser construído na cidade nos próximos três anos. A parceria que viabilizará a sua implantação foi firmada nesta terça-feira (26) entre o prefeito Sebastião Almeida, a secretária de Saúde Teresa Pinho de Almeida Tashiro e a Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo. A solenidade de assinatura do protocolo de intenções, que foi realizada no Paço Municipal, contou com a presença integrantes do Conselho Municipal de Saúde, conselheiros gestores, delegados do Orçamento Participativo e profissionais da área.

O hospital será construído em duas etapas, na rua Anézio Ruivo nº 377, no Sítio São Francisco. A primeira, que deverá ser implantada em até três anos contados da assinatura do protocolo de intenções, compreende a elaboração do projeto, a construção e a operacionalização de uma unidade hospitalar com 50 leitos, para atendimento 100% SUS.

Na segunda etapa, com prazo de conclusão em até seis anos, também contados da assinatura do protocolo de intenção, a capacidade do hospital deverá dobrar, com a efetiva implantação de mais 50 leitos, em conformidade com a necessidade do serviço. “É mais um marco, um avanço rumo a consolidação do SUS, que também é feito através de parcerias”, comemorou a secretária de Saúde.

Parceria

O vice-prefeito Carlos Derman destacou que a parceria com a Beneficência Nipo-Brasileira se deu não somente pela necessidade de mais leitos, mas pela importância que a instituição representa. “O Hospital Nipo Brasileiro tem um nome que significa qualidade”, destacou, explicando que o objetivo principal do projeto será a construção de um hospital de retaguarda com leitos de longa permanência.

Pelos termos do protocolo, caberá à Beneficência obter todas as licenças e autorizações necessárias à instalação do hospital; cumprir as etapas de elaboração de projeto, construção e aquisição de equipamentos nos prazos estimados, exclusivamente com recursos próprios; apresentar plano de trabalho para atendimento da clientela SUS do município, bem como atender a demanda de pacientes regulada exclusivamente pela Prefeitura no âmbito de suas atribuições no Sistema Único de Saúde.

A Prefeitura, por sua vez, ficará encarregada de disponibilizar as obras externas de infraestrutura, fornecendo os equipamentos públicos pertinentes, tais como: obras de adequação do sistema viário ao redor, meio fio e pavimentação das vias públicas; acesso aos sistemas de fornecimento de água e de esgotamento sanitário e outros que se fizerem necessários.

“A assinatura deste protocolo é um passo muito importante para a história de nossa cidade, é um presente para o município”, definiu o prefeito. Almeida lembrou que Guarulhos ficou durante muito tempo com uma rede hospitalar estagnada. “Só nesses últimos 12 anos houve mudança nessa área. Esse novo hospital será 100% SUS com cara de particular, o que vai ao encontro de nosso objetivo de elevar cada vez mais o padrão de qualidade que queremos para a cidade”, finalizou

Fonte: Prefeitura de Guarulhos

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s